06 março 2017

A Garota do Calendário (Março) , de Audrey Carlan

Oii gentemm, tudo bom?
Mais uma resenha incrivelmente sexy dessa coleção que está me deixando um tanto ... entusiasmada ... kakaka

Vamos lá?

Editora - Verus 
Páginas - 144
Gênero - Romance Americano

Sinopse
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Mia vai passar o mês de março em Chicago com o empresário Anthony Fasano, que a contrata para fingir ser noiva dele. A princípio Mia não entende por que um homem tão lindo e másculo precisa de uma falsa noiva. Mas ela irá descobrir coisas que até seu coração duvida. 


Mais amor, por favor!

Mia retorna para sua cidade, Las Vegas e reencontra sua melhor amiga e sua irmã, resolve então visitar o seu pai, que está em um hospital depois de ter sido agredido cruelmente pelo ex de Mia, e é por causa disso que toda essa história de acompanhante de luxo começou. 
Ela também tinha que passar no escritório do Blane, seu ex, para pagar mais uma parcela da divida de seu pai. 
O destino de seu próximo "trabalho" é Chicago, local do The Bean a famosa escultura de aço inoxidável que lembra um feijão gigante e lá ela encontrará seu próximo cliente - Anthony Fasano, um homem incrivelmente sexy que deixará Mia enlouquecida, mas não com o que vocês estão pensando, caros leitores, a loucura de Mia, dessa vez, será outra.
Geralmente conto um pouco, e dou até alguns spoilers em relação as histórias, mas dessa vez não vou contar mais nada, aliás, vou deixar uma dica na imagem seguinte.
Leiam e divirtam-se , vocês vão gostar.


Bjinhusss e até mais !!

04 março 2017

Desafio 2017 - Eu sou Malala, Malala Yousafzai

- Livro de um ganhador do Nobel

Quando me deparei com este tópico pensei, putz, vai ser difícil. Existem milhares de ganhadores do Nobel com livros mais ricos que outros, porém , ao fazer uma breve pesquisa, encontrei esse, e vou te contar, gostei muito. 
Leiam, vocês não vãos e arrepender. 


Editora - Companhia das Lestras
Páginas - 360
Gênero - Biografia  

Sinopse
Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz. Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens.  A história de Malala renova a crença na capacidade de uma pessoa de inspirar e modificar o mundo.

A falsa PAZ

Me interesso mundo pela cultura e o modo de vida dos muçulmanos. Gosto de conhecer culturas diferentes e em se tratando de religião, essa curiosidade não poderia ser diferente. 
Tenho em casa o Alcorão e confesso que me surpreendi ao ler essa escritura sagrada e me livrei de diversos preconceitos ridículos que tinha até então. 
Escolhei esse livro pois me chamou muito a atenção e resolvi tentar. 

Sei o quanto alguns , que se dizem muçulmanos, são extremamente machistas e sexistas, e as guerras são disseminadas pelo simples fato de que essas pessoas distorcem o que diz o Alcorão - livro sagrado dos muçulmanos.  Nesse livro biográfico podemos ver até onde esse falso saber poderá chegar. 

Malala é uma menina real fiquei chocada ao ver o quando sua vida é simples e normal, como muitas jovens mulheres em todo mundo ... só que não. 
Por morar em um País com cultura muçulmana, apesar de viver em um paraíso isolado no Paquistão - Swat - um vale com ricas belezas naturais, ela se vê contaminada pelo ódio e pelo grupo extremista Talibã. 
Nessas indas e vindas, vemos o retrato claro de como a política e a religião se fundem em uma, pois de acordo com a interpretação do Talibã, as mulheres não podem frequentar as escolas e a unica coisa que Malala queria era estudar. Nossa jovem se vê em uma busca para que todas as mulheres possam a ter conhecimento e educação, mesmo que básicas, para alcançar voos maiores, do que ficar em casa cuidando do lar, fazendo comida e etc. Por isso, ela recebe um atentado, um tiro em seu rosto que faz com que sua causa seja ouvida e espalhada pelos quatro cantos do mundo. 
Hoje, apesar de passar por muitas dificuldade, Malala conseguiu o que queria, disseminar e exigir que todas as mulheres tenham o direito a educação e possam ser donas de seu próprio nariz. Esse sim é um bom exemplo de feminismo saudável e justo. 

Recomendo esse livro, mais que história real e um tapa na cara da sociedade que se diz feminista e busca o poder , essa sabe ser mulher de verdade. 


EXTRAS


                                                Documentário sobre Malala e o mundo no Talibã

Fundo Malala 

Clique aqui para saber mais 



Malala em seu discurso na ONU -  no dia de seu 16.º aniversário

Malala Yousafzai nasceu em 1997, no vale do Swat, Paquistão, e chamou a atenção do público ao escrever para a BBC Urdu a respeito da vida sob o Talibã. Em outubro de 2012, foi perseguida e atingida na cabeça por um tiro quando voltava da escola. Contrariamente às expectativas, sobreviveu e agora continua sua campanha por meio do Fundo Malala, uma organização sem fins lucrativos de apoio à educação de meninas em comunidades ao redor do mundo.

Bjinhuss e até mais !!!

09 fevereiro 2017

Desafio 2017 - Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley





Livro que está na estante há mais de um ano

E para mais um item do desafio desse ano, um livro que está a mundo tempo esperando para ser lido. Aliás, tem vários livros com uma pequena quantidade de pó em minha estante, esperando ansiosamente para serem devorados, porem escolhi esse pois faz muito, muito tempo que queria ler. 

Então, vamos a resenha ... 


Editora - Globo
Páginas - 314
Gênero - Ficção/ Distopia 

Sinopse
Ano 634 d.F. (depois de Ford). O Estado científico totalitário zela por todos. Nascidos de proveta, os seres humanos (pré-condicionados) têm comportamentos (pré-estabelecidos) e ocupam lugares (pré-determinados) na sociedade: os alfa no topo da pirâmide, os ípsilons na base. A droga soma é universalmente distribuída em doses convenientes para os usuários. Família, monogamia, privacidade e pensamento criativo constituem crime.
Os conceitos de "pai" e "mãe" são meramente históricos. Relacionamentos emocionais intensos ou prolongados são proibidos e considerados anormais. A promiscuidade é moralmente obrigatória e a higiene, um valor supremo. Não existe paixão nem religião. Mas Bernard Marx tem uma infelicidade doentia: acalentando um desejo não natural por solidão, não vendo mais graça nos prazeres infinitos da promiscuidade compulsória, Bernard quer se libertar. Uma visita a um dos poucos remanescentes da Reserva Selvagem, onde a vida antiga, imperfeita, subsiste, pode ser um caminho para curá-lo. Extraordinariamente profético, "Admirável mundo novo" é um dos livros mais influentes do século 20.

Palavra de ordem: Controle Civilizado

Já pelo prefácio, percebi que seria um livro diferente de tudo o que já li, e com o passar dos capitulos percebi porque. Gosto muito de livros e histórias de ficção, e esse livros está a tempos esperando para ser lido, resolvi me adentrar ao mundo que mais gosto e me surpreendi pela história completamente diferente da que estou acostumada. 
Os personagens desse mudo não conhecem e solidão, são condicionados a não terem medo da morte e possuem uma droga (Soma) para esquecer de todos os seus problemas. 
Assustador, assim posso concluir a sensação que tive ao ler o primeiro capitulo. Logo de cara o autor nos leva a uma realidade utópica desesperadora, em que a ciência e a biologia passam toda e qualquer linha do politicamente correto.
Manipulação de passa, lavagem cerebral e outras coisas impensáveis nos dias de hoje.

O capitulo II mantem o mesmo padrão de horror que o do inicio do livro, bebes são controlados, manipulados , como se fossem marionetes em um experimento, não gostei !!!



O capitulo III me fez quase desistir do livro, como assim, incitar crianças de 7 a 8 anos a práticas sexuais? Mesmo a contragosto, resolvi continuar , pensando que isso te trata de uma ficção. 



E no decorrer dos capítulos a história fica completamente absurda, com a narração e explicação de como os humanos são "criados" em laboratórios, a ideia terrível de alguém ter Pai e Mãe, nossa, nem sei mais o que dizer. 



Agora, tenho que concordar se você, assim como eu, gosta de livros dobre distopia, que aborda assuntos inteligentes, reflexivos e que nos envolve a cada frase, esse livro com certeza é para você. 
Apesar de tudo, recomendo. 

Resultado de imagem para admiravel mundo novo

Bjinhuss e até mais !!

03 fevereiro 2017

Desafio 2017 - Proibido, de Tabitha Suzuma


E aii genteem, tudo firme e no lugar? 

Estou nessa maratona louca de livros e netflix, então vamos que vamos. 
Mais um livro para o Desafio desse ano. 


Livro com flores na capa


Editora - Valentina
Páginas - 304
Gênero - Romance Inglês

Sinopse
Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.
Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

Loucura ou o melhor livro de todos ? 



Dois irmãos, Maya de 16 anos e Lochan de “quase 18” se veem no meio de responsabilidades impostas por uma vida conturbada.  O pai abandonou todos e foi morar com uma mulher mais nova que a mãe, revoltada a mãe é uma imprestável que só quer saber de homens ricos, beber até cair e se esqueceu de que é mãe, talvez pelo fato de ter sido abandonada, porém nada justifica jogar todas as suas responsabilidades nas costas nos dois filhos mais velhos.
Os dois tem mais três irmãos, a pequena Willa (5 anos), Tiffin (8 anos) e Kit (13 anos), e além de irem para a escola, fazerem as lições de casa, eles devem cuidar da casa e dos irmãos, uma vida bem difícil .
Apesar da família grande os mais velhos da prole são o porto seguro um do outro.
Pela primeira vez me interessei por um livro pelo título e decidi não ler a sinopse, então fui louca para saber o porquê deste título.
Então, para essa resenha, dividi o livro em 3 partes: 

1.º PARTE 
O começo no mostra o cotidiano desses filhos e nos insere na vida e nos pensamento dos dois irmãos que são os personagens centrais da trama.
Nessa hora, uma raiva toma conta de mim, que vontade de matar essa mãe mais do que desnaturada.




2.º PARTE 
Aqui eu percebi que as coisas estavam  ficando diferentes - depois de uma briga de Lochan com Kit, Maya vai ao quarto de Lochan para acalmar o irmão, e acabam caindo de sono, exaustos. Ao acordar, Maya já começa a observar seu irmão dormindo com outros olhos, e começa a demostrar um ciúme que não é comum a uma irmã.
Nesse mesmo dia,  Maya tem a incrível ideia de tirar todos se casa para que eles possam descansar depois da longa semana, os dois estão tão relaxados no sofá, Lochan estudando e Maya lendo seus textos que ela decide tirar o irmão para dançar, primeiro é uma dança animada, com um pisando no pé do outro, mas sem se importar, depois a rádio começa a tocar uma mais lenta e é aí que o bicho pega para Lochan, ele começa a sentir coisas estranhas pela irmã e resolve se isolar no sofá para que tudo isso passe.




3.º PARTE 

E finalmente o beijo entre os irmãos acontece, sim ... um beijo na boca, bem estilo romântico selvagem, que me deixou um tanto incomoda imaginando a situação.



É aqui que eles se perdem de vez, porém decidem que isso é totalmente errado e encontram formas de evitar que isso aconteça, mas isso não será fácil para os dois irmãos e o que parecia ser o caos na vida deles, agora se torna o inferno na Terra!!
A partir de agora as coisas descem ladeira abaixo, as cenas de romance são contadas como em outra história de dois casais apaixonados, podemos até esquecer, por um breve momento, o porque disso ser errado, porém , logo em seguida, lembramos e a verdade vem a torna nos fazendo perceber e enxergar o que é PROIBIDO. !!



Apesar do tema pesado, a autora aborda a história de uma forma um tanto poética e leve.
Confesso que senti uma mistura de sentimentos na última parte, mas isso você só vai saber e sentir se ler também. Ahh, e chorei horrores no último capítulo !!!

Se você já leu, deixe aqui nos comentários o que achou do livro.

Bjinhuss e até mais 


31 janeiro 2017

Desafio 2017 - A Garota do Calendário (Fevereiro) , de Audrey Carlan

E aí gentemm, tudo nos conforme!
Caraca muleke, que é isso!!
Já estamos em Fevereiro, mais um ano que irá passar voando.
E gentemm, eu tô amando essa coleção , tanto que li o de de fevereiro antes mesmo de janeiro acabar.
Mas vamos ao que interessa né minha gente!

- Livro que faça parte de uma série/saga/trilogia

Editora - Verus 
Páginas - 135
Gênero - Romance Americano

Sinopse
Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.

Senti um clima carnavalesco ...
Calma, o clima em questão não tem nada a ver com plumas e paetês, e sim ao clima quente que povoa o coração e os corpos dos mais assanhados nessa época do ano.

Nossa queria Mia embarca em mais um trabalho em busca de mais dinheiro para saldar a dívida do Pai. Dessa vez ela conhece Alec, renomado artista francês , gato, gostoso e muito, muito sexy. Ela gosta de imediato e se entrega, de corpo e alma, a fim de satisfazer os desejos mais intrigantes e libidinosos. 
Os dias passam rápido e ela começa a gostar de ser uma acompanhante de luxo. 
Entre fotos, pinceladas artísticas de seu corpo nu, e muito sexo, Mia se envolve sexual e emocionalmente com Alec e descobre coisas sobre si mesma que não sabia. 

Eu gostei, achei esse livro com uma pegada mais carnal em relação ao de Janeiro, porém manteve o ritmo e a leitura fácil. Quem procuro doses altas de sexo, não, esse livro não é para você. 
Agora quem quer um pouco de romance e uma pitada de cenas "calientes", irá gostar. 
Recomendo. 



EXTRAS

Uma imagem


Beijinhos e até mais !!

06 janeiro 2017

Desafio 2017 - A Garota do Calendário (Janeiro) , de Audrey Carlan

E aíii galera, tudo beleza?
Vamos ver se consigo manter essa bagaça atualizada. 
Vem comigo e acompanhem a primeira resenha do ano: 

Livro com casal na capa

Editora - Verus 
Páginas - 144
Gênero - Romance Americano


Sinopse
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Janeiro, mês que tudo começa!
O que dizer desse livro? Achei interessante, apesar de estar esperando algo mais intenso, até que me agradou, gostei por ser um livro de fácil leitura - li tudo em um dia e no serviço (que minha chefe não veja isso, hehe). 
O livro, como vocês leram aí em cima, trás a história de Mia, uma garota que encontra na oportunidade "única" que a tia lhe proporciona, ser acompanhante de luxo para homens incrivelmente lindos e endinheirados, ela precisa pagar o agiota, para saldar e salvar a vida do pai. viciado em bebidas e jogos, mas o que ela menos esperava é que essa história não seria tão fácil como imaginou. 
Durante 1 ano, Mia será "alugada" por 12 homens, um em cada mês, para ser suas musas, mulheres, acompanhantes e o que mais eles quiserem, apesar de no contrato não ser obrigado manter relações sexuais. 
Porém, Mia terá uma grande surpresa nessa jornada, e lutará com todas as suas forças para domar algo mais difícil que sua situação, seu próprio coração. 
Um livro muito sensual , com pitadas eróticas e muitas doses de autoajuda, recomendo. 
Esse foi só o começo, veremos como serão os outros livros da serie. 

EXTRAS

Uma imagem


Links sobre
http://revistatrip.uol.com.br/tpm/garotas-de-programa-de-luxo

Bjinhuss e até mais !!

02 junho 2016

Desafio Literário 2016 - Literatura de Cordel

Oii gentemm, tudo bom com vocês?
Bom, esse mês o desafio não está muito do meu gostou, portanto, pela primeira vez, não irei fazer resenha, porém, vou deixar alguns links bem interessantes sob esse tema, vale a pena dar uma olhada.

Cordel do Brasil
Acervo da Casa Rui Barbosa
40 livros grátis de Literatura de Cordel
Amor em Verso e Prosa

Bjinhuss e Até mais !!